Os participantes da Trilha 2 que não são profissionais públicos em início de carreira e que buscam uma oportunidade para ingressar no setor público, OU que possui vínculo, mas por qualquer motivo, decida rescindir o vínculo pré-existente, OU cujo vínculo não atenda aos requisitos para trilha 1, não! Queremos pessoas engajadas e comprometidas em fazer a mudança no setor público, e sabemos que participantes com trajetórias de qualquer área têm potencial para contribuir com a transformação da gestão pública do país. Conhecimentos específicos sobre gestão público, assim como o curso que você fez, ou a universidade onde estudou não são considerados nas avaliações das etapas durante o processo seletivo regular. No nosso último processo seletivo, por exemplo, tivemos inscritos de quase 200 cursos diferentes.



Já os participantes da Trilha 1, que são profissionais públicos, precisam estar atuando em entidades governamentais e, que ali desejem permanecer por pelo menos 12 (doze) meses a contar de eventual aprovação neste processo seletivo, com:

a. vínculo proveniente de cargo efetivo ou cargo em comissão. Não preenche esse requisito pessoal contratado nos termos da Lei Federal 8.745/1993 ou norma simétrica no âmbito estadual, distrital ou municipal sobre contratação por tempo determinado para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público;


b. o vínculo deverá permitir à(o) participante ocupar posição na estrutura organizacional de entidade governamental no âmbito de uma das seguintes áreas: (i) análise de dados; (ii) captação de recursos; (iii) gestão fiscal e orçamentária; (iv) gestão de implementação de políticas públicas; (v) gestão de parcerias e contratos; (vi) gestão de projetos e/ou processos; (vii) gestão de tecnologia e/ou inovação; (viii) monitoramento e avaliação de políticas públicas; ou (ix) planejamento estratégico, em qualquer tema. 


c. o vínculo deverá ser os seguintes tipos e espécies de entidade governamental: (i) qualquer órgão ou entidade da Administração Direta e Indireta da União, Estado, Distrito Federal ou Município; (ii) do Ministério Público da União, de Estado, do Distrito Federal ou de Município; (iii) ou do Tribunal de Contas da União, de Estado, do Distrito Federal ou de Município.